Blog
25. maio de 2022
BlogHelp,DICAS HELP,Saúde

Tontura e vertigem? Saiba o que pode ser e quais são os sinais de alerta

Você já se perguntou sobre o que tontura e vertigem podem significar? Entenda quais problemas de saúde podem causar esses sintomas!

 

O nosso corpo envia sinais a todo o momento sobre como ele está funcionando. Em muitos casos, o organismo tenta indicar um problema que exige a nossa atenção, como tontura e vertigem. Portanto, vale a pena entender as principais causas disso.

Considerados por muitos como sinônimos, esses sintomas devem ser investigados, pois podem ser causados por complicações de saúde específicas, além de virem associados a outros sinais — fraqueza e cansaço, por exemplo.

Desse modo, é sempre importante saber quando é o momento de buscar orientações médicas, visto que tratar apenas sintomas pode fazer com que você não encontre a raiz do problema e ele se agrave com o tempo.

Neste artigo, você aprenderá a distinguir tontura e vertigem, além de descobrir o que causa. Aproveite o conteúdo e tenha uma boa leitura!

 

Quais são as principais diferenças entre tontura e vertigem?

Antes de nos aprofundarmos mais a respeito das causas da tontura e vertigem, é importante saber distinguir esses sintomas. Afinal, muita gente acredita que são a mesma coisa, quando na verdade são reações diferentes que o corpo desenvolve.

A tontura é uma sensação de desequilíbrio, ou seja, a pessoa sente que o seu físico não responde da forma esperada. Assim, quedas podem ocorrer devido à desorientação.

Por outro lado, o termo vertigem é utilizado para se referir a uma falsa sensação de movimento. Por exemplo, é o caso de alguém que acredita estar girando enquanto está imóvel.

Apesar de suas diferenças, tontura e vertigem podem surgir como sinais de problemas de saúde específicos. Então, assim que perceber algum deles, recomenda-se buscar ajuda médica.

 

Tontura e vertigem podem ser sintomas de quais problemas de saúde?

Como você viu até aqui, tontura e vertigem podem ser sinais de que algo está errado no corpo. Em geral, é comum que indiquem certos problemas de saúde. Desse modo, é fundamental procurar um profissional para saber a causa.

A seguir, elencamos as principais enfermidades que provocam tontura ou vertigem!

 

Labirintite

A labirintite costuma ser lembrada como um problema associado à tontura ou vertigem, por ser mais comum entre idosos e pessoas que têm alguma doença respiratória. Ela é uma inflamação do labirinto — órgão do sistema auditivo responsável pelo equilíbrio.

Então, episódios de labirintite são comparados à sensação de estar caindo. Essa condição costuma ser tratada junto ao médico, com o uso de antibióticos para eliminar as bactérias causadoras do problema e outros medicamentos para aliviar os sintomas.

 

Hipoglicemia

A hipoglicemia está associada a uma baixa taxa de açúcar no sangue. Essa é uma resposta do corpo à falta de energia necessária para realizar as suas atividades. Além de tontura, o problema pode causar palidez, confusão mental e vertigens.

A hipoglicemia é mais comum entre pessoas que sofrem com diabetes, devido à oscilação da glicemia. Nesses casos, é preciso monitorar esse índice para que não atinja níveis preocupantes no dia a dia.

 

Anemia

A anemia ocorre quando há baixa quantidade de hemoglobina (ou hemácias) no sangue. Isso faz com que exista uma redução no suprimento de oxigênio e nutrientes para o corpo, já que eles são transportados pelos glóbulos vermelhos.

Além de tontura, a pessoa com anemia pode exibir sintomas como palidez, cansaço e fraqueza. O problema tem como causa a carência de certas vitaminas, hemorragias, defeitos na medula óssea, doenças autoimunes, entre outros fatores.

 

Pressão arterial descontrolada

Sofrer com pressão arterial alta ou baixa demais pode provocar tontura e vertigem. Esse problema também pode vir acompanhado de sensação de fraqueza, dores de cabeça, desmaios, visão turva e sono.

Nesse caso, além de lidar diretamente com o sintoma de tontura ou vertigem, é importante acompanhar a variação da pressão arterial, até que haja estabilidade.

 

De quais formas é possível aliviar tontura e vertigem?

Por mais que a principal recomendação em casos de tontura e vertigem seja buscar atenção médica, existem formas de aliviar os sintomas quando eles ocorrerem. Dessa forma, será possível se restabelecer diante da desorientação causada por esses problemas.

Veja a seguir quais são as principais formas de aliviar tontura e vertigem!

 

Mantenha os olhos abertos

Ao passar por um episódio de tontura ou vertigem, é comum que o instinto nos faça querer fechar os olhos. No entanto, isso fará com que o estado de desorientação se agrave e o problema demore a dissipar.

Então, o primeiro passo consiste em manter os olhos abertos. Isso também será essencial para que você possa seguir as demais recomendações, que estão listadas abaixo.

 

Fixe o olhar em um ponto

Uma das melhores formas de vencer a desorientação é manter os olhos bem abertos e fixos em algum ponto específico. Ao fazer isso, em alguns minutos será possível conter os efeitos de uma tontura ou vertigem.

 

Consuma sal

Se o episódio de tontura acontece por conta de uma queda de pressão, é possível conter esses efeitos ao tratar a raiz do problema. A ingestão de sódio é uma forma de aumentar o fluxo arterial e a pressão.

Além do sal puro, diversos alimentos são boas opções para combater a hipotensão — azeitonas em conserva e bolachas de água e sal, por exemplo.

 

Eleve as pernas

Caso a tontura e vertigem ocorram por problemas circulatórios, é possível conter seus efeitos ao mudar de posição. Antes de tudo, mantenha-se sentado, pois isso ajuda bastante a restabelecer a circulação sanguínea.

Depois, eleve as pernas para estimular o retorno sanguíneo aos membros inferiores. Isso será decisivo para aliviar os sintomas de tontura ou vertigem.

Como você viu até aqui, tontura e vertigem podem significar problemas de saúde que exigem atenção. Para começar, é importante entender as diferenças entre ambas. Em seguida, ao se familiarizar com as possíveis causas, você pode dedicar a atenção adequada a elas e buscar a orientação de um médico, com o intuito de chegar a um diagnóstico preciso e ao tratamento correto para garantir sua qualidade de vida.

Gostou do post? Que tal ficar por dentro de todas as formas que podemos ajudar a cuidar da sua saúde? Basta acessar o nosso site e conhecer os nossos serviços agora mesmo!

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.